O IMS agora é oficialmente o Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro

O Instituto de Medicina Social (IMS) da UERJ passou a se chamar Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro (IMSHC). Trata-se de uma homenagem a um grande nome da medicina social no Brasil, reitor da UERJ de 1992 a 1996 e um dos fundadores do IMS. A mudança no nome foi aprovada pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (CESEPE) e oficializada pela publicação da Deliberação 23/2020 de 17 de dezembro de 2020.

Uma das maiores referências na saúde pública brasileira, Hesio de Albuquerque Cordeiro foi professor da Faculdade de Ciências Médicas (onde se graduou em 1965, na então Universidade do Estado da Guanabara) e do Instituto de Medicina Social da UERJ, que ajudou a fundar no início dos anos 1970. Como presidente do Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social (INAMPS) entre 1985 e 1988, promoveu a reestruturação do órgão e a implantação dos Sistemas Unificados e Descentralizados de Saúde (SUDS), embrião do Sistema Único de Saúde (SUS) e uma das maiores conquistas democráticas do povo brasileiro.