Dossiê “Antropologias a partir dos medicamentos: co-produções, políticas e agenciamentos contemporâneos” – artigos até 31/12/2021

A “ILHA – Revista de Antropologia” está com chamada aberta para artigos para o dossiê “Antropologias a partir dos medicamentos: Co-produções, políticas e agenciamentos contemporâneos”, organizado pelos professores Rosana Castro (IMS/UERJ), Cíntia Engel (UFBA) e Rogerio Azize (IMS/UERJ). Leia abaixo o texto completo da chamada cujo prazo se encerra em 31/12/2021.

“Chamada aberta de artigos realizados a partir dos medicamentos, que tematizem a produção de biossocialidades, biodeserção, negacionismos e teorias da conspiração; movimentos anti-vacina; práticas e lógicas de cuidado; naturalização de hierarquizações; políticas de incorporação ou desabastecimento de medicamentos; transformações dos medicamentos, corpos e lugares por meio de combinações; fluidez das fronteiras materiais e simbólicas entre tratamento e aprimoramento, lícito e ilícito, natural e artificial, endógeno e exógeno, além de mecanismos de regulação, incitação e proibição.

Estimulamos autoras e autores que reflitam sobre como políticas e inequidades de raça, etnia, gênero, sexualidade, classe, origem, deficiência dentre outras se constituem no, com e por meio da produção, desenvolvimento, marketing, circulação e uso dos medicamentos. Assim, procuraremos, no conjunto dos trabalhos, evidenciar as co-produções materiais e relacionais de substâncias farmacêuticas, corpos, sujeitos, políticas, hierarquias, afetos e lógicas de cuidado emergentes em diferentes contextos contemporâneos, tendo os medicamentos como ancoragem metodológica ou analítica. 

Os artigos devem ser submetidos no site da revista até 31 de dezembro de 2021. Dúvidas ou informações podem ser enviadas para o e-mail ilha.revista@gmail.com.”