O massacre do coronavírus

Texto escrito por Fábio Mallart (estudante de pós-doc do IMS/UERJ), Rafael Godoi, Ricardo Campello e Fábio Araújo, aponta que ao estabelecer como medida central o reforço do isolamento pela suspensão de visitas e saídas periódicas, as autoridades prisionais demarcam um perímetro no qual o coronavírus poderá se propagar em alta velocidade – afinal, servidores e insumos básicos, potencialmente portadores do vírus, seguirão adentrando o espaço carcerário.

Veja AQUI