Antropologia e Saúde: novo comitê da ABA

Durante a pandemia de COVID-19, a Associação Brasileira de Antropologia (ABA) aprovou a criação de um Comitê de Antropologia e Saúde. Coordenado por um colegiado gestor e integrado por antropólogas/os de todas as regiões do país, o novo Comitê considera essencial que a ABA assuma posições político-institucionais em relação aos dilemas e demandas envolvendo corpo, saúde e doença. O professor Martinho Silva (IMS-UERJ) integra seu colegiado gestor, juntamente com as professoras Ana Cláudia Rodrigues (UFPE), Ceres Victora (UFRGS), Monica Franch (UFPB) e Soraya Fleischer (UNB), bem como o professor Carlos Guilherme do Valle (UFRN).