domingo, julho 21, 2024
DestaquesMais Notícias

Especialistas em Saúde Coletiva criticam ritmo de vacinação contra a covid-19 em grupos prioritários no Brasil

A cobertura vacinal contra a covid-19 de grupos considerados prioritários é insuficiente, afirmam os pesquisadores em Saúde Coletiva Guilherme Loureiro Werneck (IMS/UERJ), Ligia Bahia (IESC/UFRJ), Jéssica Pronestino de Lima Moreira (IESC/UFRJ) e Mário Scheffer (FMUSP). Em nota técnica divulgada nesta semana, eles apontam para números insatisfatórios na imunização de pessoas com mais de 60 anos, assim como criticam o alcance da vacinação em pessoas com comorbidades. Clique aqui para acessar a nota e compreender os problemas e falhas na origem desse cenário e os riscos implicados.