Sobre a pandemia: carta dos professores do Instituto de Medicina Social à comunidade da UERJ

Os professores do Instituto de Medicina Social da UERJ manifestam aos mais de 50 mil uerjianos sua extrema preocupação com o recrudescimento da pandemia de COVID-19 no Brasil. Essa situação poderá ser agravada de modo dramático logo em seguida às próximas semanas, visto que a circulação do novo coronavírus poderá ser intensificada nesse período, tradicionalmente dedicado a encontros de famílias e amigos em festas de Natal e da passagem do ano.
Leia o texto completo!

Ler mais

Falece o prof. Hésio Cordeiro, fundador do IMS

Uma das maiores referências na saúde pública brasileira, Hésio de Albuquerque Cordeiro foi professor da Faculdade de Ciências Médicas (onde se graduou em 1965, na então Universidade do Estado da Guanabara) e do Instituto de Medicina Social da UERJ, que ajudou a fundar no início dos anos 1970. Como presidente do Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social (INAMPS) entre 1985 e 1988, promoveu a reestruturação do órgão e a implantação dos Sistemas Unificados e Descentralizados de Saúde (SUDS), embrião do Sistema Único de Saúde (SUS) e uma das maiores conquistas democráticas do povo brasileiro.

Leia a nota completa.

Ler mais

Uma nova estratégia para a enfermagem no SUS

O Instituto de Estudos para Políticas de Saúde, o Republica.org e o Instituto de Medicina Social da UERJ organizaram um seminário no dia 22 de julho sobre o estado da arte dos desafios da enfermagem, com o propósito de criar uma agenda conjunta de pesquisa e prática para a enfermagem no Brasil. Além dos palestrantes, participaram diversos especialistas e acadêmicos da área, especialistas de organizações internacionais e organizações de grantmaking interessadas em saúde.

Ler mais