quarta-feira, abril 17, 2024
Mais Notícias

Nova Reitoria toma posse em cerimônia com governador do RJ. Cerimônia de transmissão de cargo ocorre dia 19/01, na UERJ

A cerimônia de transmissão dos cargos de Reitora e Vice-Reitor acontece na próxima sexta-feira (19/01), às 10h, no Teatro Odylo Costa, filho. A professora Gulnar Azevedo (IMS) e o professor Bruno Deusdará (ILE) assumem o comando da UERJ para o quadriênio 2024-2027. A cerimônia também dará posse aos Pró-Reitores, Diretores dos Centros Setoriais, do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), da Policlínica Piquet Carneiro, do Centro de Produção da UERJ, da Rede Sirius e dos dirigentes da Administração Central.

A cerimônia na UERJ acontece dias depois da solenidade, realizada em 10/01, em que a chapa foi oficialmente empossada pelo governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, no Palácio Guanabara. A cobertura do evento foi registrada pelo Diretoria de Comunicação da UERJ. Confira abaixo.

***

A nova Reitoria da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) foi oficialmente empossada, nesta quarta-feira (10), pelo governador Cláudio Castro. A professora Gulnar Azevedo e Silva, do Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro, é a segunda mulher a exercer o cargo máximo em 73 anos de história da Universidade. Ela terá como vice-reitor o docente Bruno Deusdará, do Instituto de Letras. A solenidade, realizada no Salão Nobre do Palácio Guanabara, em Laranjeiras, foi marcada pela emoção e contou com a presença de várias autoridades, parlamentares, membros da comunidade acadêmica, reitores de diversas universidades e representantes de instituições científicas brasileiras.

A cerimônia de transmissão de cargo está marcada para o dia 19 de janeiro, às 10h, no Teatro Odylo Costa, filho, campus Maracanã da Uerj. Na ocasião, também ocorrerá a posse dos cinco pró-reitores e dos diretores dos centros setoriais, das unidades de saúde e da administração central. O evento será aberto à participação do público.

Em novembro, Gulnar e Bruno foram eleitos com 55,1% dos pontos. Mais de 14 mil pessoas, entre alunos, professores e técnicos, compareceram às urnas para escolher os principais gestores da Uerj no quadriênio 2024/2027.

Metas da nova gestão

Em seu discurso, a reitora prestou homenagem à também médica Nilcea Freire, primeira mulher à frente da Reitoria, destacando seu pioneirismo na implementação da política de cotas na Uerj, durante o mandato entre 2000 e 2003. Gulnar apontou algumas metas da sua gestão. “Temos que garantir a permanência dos nossos estudantes e proporcionar boas condições de trabalho e salários dignos para técnicos administrativos e professores. Precisamos avançar nas medidas de inclusão e acessibilidade”, ressaltou. 

“Estamos encarando todos esses desafios com a certeza de que a Uerj tem a seu favor um capital humano riquíssimo acumulado. Contamos ainda com o valioso apoio dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Estado e, sobretudo, o reconhecimento e a parceria da sociedade fluminense”, acrescentou.

Ao final, Gulnar expressou seu agradecimento pelos votos recebidos e a confiança de representações e lideranças históricas dos campos acadêmico, da saúde e político. “Entendemos que a educação, a saúde, a ciência e a cultura não são gastos, mas investimentos. Por isso, queremos contribuir, com todo o nosso potencial, para o desenvolvimento do Rio de Janeiro. Continuaremos atuantes para garantir a democratização do acesso à educação superior, a expansão sustentável, a luta por melhores salários e bolsas, o ensino de qualidade e o compromisso da universidade pública com a construção de um futuro melhor para o nosso estado”, finalizou.

Emocionado, o vice-reitor lembrou sua longa história de dedicação à Uerj. “Recebo hoje essa missão com a mesma esperança e vontade de sonhar daquela criança que, aos seis anos de idade, foi sorteada para ingressar no então Colégio de Aplicação dessa Universidade e nunca mais saiu dela. Fui aluno do CAp e da graduação; depois, professor; agora, assumo este cargo com a mesma disposição e responsabilidade que tive ao longo dessa trajetória de muito aprendizado”, afirmou Deusdará.

Ele também destacou a importância da parceria permanente com o governo do Estado. “Também é preciso renovar, estabelecer, ampliar e fortalecer o trabalho conjunto com o Poder Executivo e as demais autoridades estaduais. Tenho certeza de que, com muito trabalho e dedicação de todos nós, a democracia e a educação pública vão prevalecer”, comentou.

Já o governador Cláudio Castro apontou a relevância da Universidade e o compromisso com a instituição. “A Uerj é uma fábrica de sonhos que, todos os anos, forma milhares de jovens, futuros profissionais que contribuem para o desenvolvimento econômico e social do Estado do Rio de Janeiro”, frisou.

“Apesar das limitações impostas pelo Regime de Recuperação Fiscal, nossa gestão nos últimos cincos anos ofereceu os recursos necessários ao bom funcionamento da Universidade. Quero garantir à nova Reitoria e à comunidade acadêmica que todos os acordos firmados serão cumpridos, assegurando a plena continuidade dos projetos e ações da Uerj”, concluiu Castro.

Fotos: George Magaraia e Thiago Facina

Fonte: Diretoria de Comunicação/UERJ