Mortalidade nas prisões do Rio de Janeiro: Covid-19 e a política do definhamento, por Fabio Mallart – novo artigo da Página Grená

“Superlotação em locais sem ventilação, úmidos e com pouca luminosidade, mofo, vazamento de esgoto e infiltrações, racionamento de água potável ou abastecimento de água imprópria para o consumo, falta de produtos de higiene e limpeza, fornecimento de comida deteriorada ou privação alimentar, ausência de medicamentos e de profissionais de saúde, infestação de insetos e roedores. Como discutido em outros trabalhos, trata-se de uma racionalidade governamental que opera a partir de uma política do definhamento, cuja resultante é a produção de um estado progressivo de decomposição, em que presos e presas são mortos lentamente, em função das próprias condições de funcionamento das prisões”. Leia aqui o artigo completo.

Ler mais

Aula inaugural do semestre 2022.1: “Em defesa do SUS e da Democracia”, ministrada pela professora Gulnar Azevedo: assista

Dividida em quatro tópicos, a apresentação abordou o impacto e o valor social do Sistema Único de Saúde (SUS); expôs os ataques contra políticas de saúde, com o desmonte de iniciativas exitosas, e o desfinanciamento e a redução de recursos orçamentários federais, que estão na base das dificuldades de ampliação e melhoria do SUS.

Ler mais

Dossiê Hesio Cordeiro: leia a nova edição da revista Physis

O número 3 (volume 31) da Physis: Revista de Saúde Coletiva é dedicado à obra e ao legado de Hesio Cordeiro, um dos idealizadores do Sistema Único de Saúde (SUS) e fundador do Instituto de Medicina Social (IMS/UERJ), que faleceu em 2020. O dossiê conta com textos de Jane Dutra Sayd, Gulnar Azevedo, Reinaldo Guimarães, José Luís Fiori e José Gomez Temporão, entre outros.

Ler mais